20/01/16 Mint: Instalando um Ambiente de Desenvolvimento

O ideal seria usar o Vagrant mas enquanto isso não acontece segue um passo-o-passo da instalação de um Ambiente de Desenvolvimento no Linux Mint. A ideia é instalar e configurar: Apache, PHP, PostgreSQL, MariaBD, GitNode.js e o Sublime Text.

Como diria o Dr. Jeff McQuillan – Let’s get it started!


Apache:

$ sudo apt-get install apache2

Note que depois de instalado, o Apache irá configurar o diretório /var/www como “Document Root” – porém tendo como proprietário e grupo o usuário root – o que pode criar alguns “problemas de permissão”. Por isso eu decidi implementar a seguinte estrutura:

Ao invés de salvar os projetos em /var/www eu decidi que isso seria feito no diretório /srv/www – que foi preciso criar:

$ sudo mkdir /srv/www

Além disso, um novo grupo (que eu chamei de webdev) teria permissão de escrita no diretório (e em todos os seus arquivos/subdiretórios): 

$ sudo addgroup webdev
$ sudo chown -R root:webdev /srv/www
$ sudo chmod -R 2775 /srv/www

Em seguida adicionei os usuários que deveriam pertencer ao grupo. Note que aqui é necessário adicionar o usuário www-data (o usuário do Apache) para que seja possível realizar operações de escrita pelo servidor, como por exemplo, o upload de arquivos:

$ sudo gpasswd -a username webdev
$ sudo gpasswd -a www-data webdev

Como irei usar o mod-rewrite foi preciso alterar o valor da diretiva AllowOverride no arquivo /etc/apache2/apache2.conf:

<Directory /srv/>
 Options Indexes FollowSymLinks
 AllowOverride All
 Require all granted
</Directory>

E por fim ativar o módulo:

sudo a2enmod rewrite

Pronto!

A ideia é que cada projeto seja criado com base no conceito de Virtual Host, nesse caso essa dica pode ser útil.


PHP

$ sudo apt-get install php7.2 libapache2-mod-php7.2 php7.2-mysqlnd php7.2-pgsql

Depois de instalado não é necessário nenhum procedimento extra de configuração do PHP.


MariaDB

$ sudo apt-get install mariadb-server phpmyadmin

Durante o processo de instalação você deverá configurar a senha do usuário root e deverá também definir as opções do phpMyAdmin – nesse último caso você irá basicamente selecionar o Apache2 como servidor, informar a senha de acesso ao MariaDB (para que seja criada a base de dados requerida pelo phpMyAdmin) e por fim a senha do próprio usuário do phpMyAdmin.


PostgreSQL

$ sudo apt-get install postgresql postgresql-contrib phppgadmin

Note que o PostgreSQL cria um Superuser postgres (sem senha!) e sem permissão de acesso através do phpPgAdmin.

Nesse caso eu decidi criar uma senha para o usuário postgres:

$ sudo -u postgres psql
# \password postgres
# \q

E liberar o acesso via phpPgAdmin – modificando o valor de $conf[“extra_login_security”]  para ‘false’ no arquivo config.inc.php:

$ sudo gedit /usr/share/phppgadmin/conf/config.inc.php

Pronto! Ah, se por algum motivo você precisar do driver JDBC para o banco basta acessar este link.


Git

O procedimento de instalação do git é simples e se resume basicamente em:

$ sudo apt-get install git

Node.js

Para facilitar a instalação do Node.js primeiramente instale o cURL:

$ sudo apt-get install curl

Em seguida basta executar:

$ curl -sL https://deb.nodesource.com/setup_4.x | sudo -E bash -
$ sudo apt-get install nodejs

Depois de instalado não é necessário nenhum procedimento extra de configuração do Node.js. Caso vá usar o Vue.js, dê uma olhada aqui.


Sublime Text

O passo final na instalação do Ambiente de Desenvolvimento refere-se justamente ao editor – que no caso eu escolhi o Sublime Text – juntamente com alguns plugins.

$ sudo apt-get install sublime-text

E se você achar que é necessário instalar instalar o JDK (Java Development Kit) – caso ainda isso não tenha sido feito:

$ sudo add-apt-repository ppa:webupd8team/java
$ sudo apt-get update
$ sudo apt-get install oracle-java8-installer

Processo concluído.

Fica aí a dica!

Compartilhe:



Participe: Envie seu Comentário!

O envio de comentário indica a aceitação dos Termos e Condições de uso do blog. Note que os comentários enviados são moderados antes da sua publicação e para evitar que estes sejam removidos e/ou desconsiderados, não use palavrões, ofensas e tampouco de expressões do miguxês!